> Elisa entre gotas de poesia: Rotulações

Rotulações





Dizem que sou louco
Que não sou normal
Talvez
Eu até seja um pouco
Rouco
Mude de humor
Mude de astral
Trivial
Reclamo quando está frio
Reclamo quando é carnaval
Não gosto de calor
Nem de vendaval
Alguém tossiu?
Será que alguém riu de mim?
Sou tímido assim...
Sonhos
Passam em minha mente
Já sonhei em ser presidente
Às vezes me sinto sozinho
Às vezes me sinto carente
Pensamentos passam por minha mente
Tem gente
Que diz
Não entender nada "in my mind"
Médicos do divã
Acham que sou bipolar
Capaz?
Pensam que sou borderline
One time
São algumas rotulações...
Vivo de algumas emoções intensas
Meio exageradas
Quando eu era criança
Gostava de brincar
De guerrinha de almofadas
Nunca tive muitos amigos
Às vezes parece
Que estou sendo perseguido
De repente
Fico constrangido
Sou inteligente
Meio anti-social
Já tive dias ruins
Tipo uma crise existencial
Hoje eu estou sossegado
Agora eu "tô legal"!



Não sou muito católico
Por vezes fico muito triste
Por vezes fico eufórico
Quando penso que posso ganhar na loteria
Meus neurotransmissores
Só sabem produzir alegria
Já levei o típico "pé na bunda"
Aquele que não se vê nunca mais
Nem na segunda-feira
Fiquei enfurecido
Daquela maneira
Com vontade de quebrar tudo
Que absurdo!
Logo depois
Escorreu uma lágrima
Fiquei mudo
Passei a odiar a sociedade
E o mundo
Até cheguei a sentir um vazio
No coração
Ser feliz
Hahaha
Passou a ser a minha primeira opção!
Posso ser simpático
Às vezes um pouco esquisito
Quando eu era criança
Gostava da obra
"O grito"
Nada de muita loucura
Sempre gostei mais de
História da arte,
Filosofia e literatura
Prefiro ficar de bermuda
Contando cada
Pingo de chuva
Às vezes me dá um tique nervoso
Fico meio tenso
Agitado
Ansioso
Dependendo até posso me acalmar
Comendo um xis
Bem gorduroso
Costumo ascender um cigarro
Dois
Três
Quatro
Bate aquela solidão
Fico deprimido no quarto
E à tardinha
Bate aquela sensação de melancolia
E fico jogando game
Vendo televisão
Lembro que não gosto
De feijão branco nem de Dobradinha
Fico levemente irritado
Muda o astral
Muda o humor
Parece que estou completamente apaixonado
Pela minha vizinha
Mas ela só quer saber de amizade
Diz que não é mais amor
Mas ainda lembro de seus discos
E de seus livros rabiscados
Não gosto de filmes de comédia
Prefiro suspense ou terror
Sou meio complicado
Às vezes
Me sinto injustiçado
Revoltado
Dou piti
Fico muito
Mal humorado
Quando estou com fome
Ou não consigo dormir





6 comentários:

  1. Eu conhecia como musica! acho de uma delicideza e sensibilidade incrivel amo fico emocionada até !!

    ResponderExcluir
  2. É uma poesia linda, cheia de encantos que faz a gente mergulhar no texto, a foto é uma fofura, bjs.

    ResponderExcluir
  3. Uma linda poesia que parece até uma música! Ótimo!

    ResponderExcluir
  4. Como sempre sua poesia está linda!
    Me emocionei com suas palavras, você escreve muito bem.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei essa poesia,não sou de ler muito,mas essa realmente me cativou!

    ResponderExcluir