> Elisa entre gotas de poesia: Poesias no divã

Poesias no divã

Poetizando no divã...
 

Felicidade
  • "O paraíso está dentro de você! Não existe lugar no mundo que te deixe calmo ou feliz quando suas próprias águas estão turbulentas! Conheça-te a si mesmo e seja feliz com a serenidade de suas próprias águas!". 

  •  "Seja feliz do jeito que você é em sua simplicidade plena. Não se culpe pelos seus defeitos e valorize mais as suas virtudes."

  • "A vida pode parecer um labirinto de desafios e dificuldades. Apenas você tem a liberdade de escolher o caminho certo.".

  • "Você nunca está sozinho. Cuide mais de si. As respostas estão escritas e inscritas no pergaminho da sua vida. Olhe para o lado e perceba os recados  que te cercam.".

  • "Nas piores e mais fortes tempestades da vida, Deus sempre coloca em seu caminho uma árvore para que você possa se segurar. Uma árvore de raízes fortes na terra e no chão que não se abala com a passagem de um devastador furacão."

Poesia
  • "A poesia é uma das artes que tenho para compreender a vida e a mim mesmo".
  • "Não conheço ainda nenhum poeta que tenha vivido sem poesia". 
  • "Em meu sangue além de glóbulos brancos e vermelhos conversam entre si muitas poesias".



  • Sabe aquele dia, que você já acorda com o pé esquerdo? Meio chateado, deprimido? Leia uma poesia, abra a janela e diga olá para a vida!
  • Um dia de cada vez, um verso para cada rima, um soneto para cada estrofe, uma serenata para cada menina, um tempero para cada estrogonofe, uma linha para cada rabisco, um traço para cada desenho, não desanime-se, pois o sol aparece todos os dias, a lua todas as noites, e as estrelas jamais param de brilhar, mesmo que o céu esteja nublado!




  • Em um navio, em uma viagem em alto-mar, em frente a uma forte tempestade, às vezes não é possível seguir viagem, senão o navio pode naufragar. O melhor a se fazer é ancorar e esperar a tormenta passar, esperar o mar se acalmar, o brilho da estrela chegar, a gaivota voar, o sol brilhar, a nuvem passar, para novamente tornar a navegar.


  • Mar me abraça para sempre com essas tuas ondas e raios de sol que caem sobre tuas águas cristalinas que só sabem todos os dias beijar a areia fina da praia! Está desesperado, triste, nervoso, angustiado? Estressado? Apenas olhe para o mar e molhe seus pés!



Morte/Vida
  • Não posso viver um dia de cada vez sem morrer um pouco a cada dia, pois cada dia que vivo deixo minha memória para trás para viver outras que ainda nem existem entre as montanhas rochosas da vida. Mas em meu pensamento o sol ainda entra pela janela, entre nuvens nebulosas que mais parecem como algodões-doces flutuantes no céu. Eu ainda não aprendi a usar um chapéu de pano, pois preciso olhar a lua com os olhos fechados. 


















  • A morte é uma sorte que ainda não aconteceu. Quem não morreu em algum dia? Morrer de amor, morrer por amor, morrer de frio, morrer de calor, morrer de tédio, de preguiça, morrer de dor nas costas, morrer de rir, morrer de sono, morrer de cólica, morrer sonhando, morrer de inveja, morrer de curiosidade, morrer de saudade, morrer de dúvida, morrer de medo, morrer por um segredo revelado, morrer de susto, morrer de tristeza, morrer de felicidade, morrer de soluço? Morrer de agonia, morrer de preocupação, morrer de alegria, morrer de insônia, morrer sem saber do amanhã, sem ler um verso de Shakespeare, morrer de sabedoria, de conhecimento, morrer de velhice, de morte matada ou morrida? Morrer de juventude, com a juventude, com o passar do tempo, morrer de fome, morrer de comer demais, "acho que vou morrer", morrer sem wifi, morrer de ciúmes, morrer sem palavras, morrer de raiva, morrer de esperança, morrer de emoção, morrer até de "mentirinha", "linda de morrer", todo mundo morre algum dia, por alguma causa, por alguma calça, por alguma coisa que ainda nem sabe muito bem o que é, talvez morrer seja um pouco disso, aposentar ideias e matar alguns neurônios, axônios,  e reconstruir novas células, outras sementes. Calma, espera, eu nem morri ainda e você já quer me matar? Matar de beijos, de abraços, de cansaço, de prazer, de loucura, de bravura, morrer para viver e morrer mais uma vez. 














0 comentários:

Postar um comentário