> Elisa entre gotas de poesia: Alto-mar

Alto-mar





Mar aberto
Destino incerto
Céu encoberto
Lugar deserto
Coberto por uma
Imensidão verde-azul
De constelações brilhantes
Que indicam a direção
Para os santos navegantes
Norte ou sul?
Gaivotas coloridas
De raios de sol
Sobrevoam por
Uma nova rota
Um pirata de uma perna só
Contou uma nova anedota
Pássaros
Costumam planar como o vento
Em alto-mar
Navegar é uma aventura
Um acontecimento!



Uma tempestade súbita
Mudança de tempo
O navio permanece ancorado
Seguindo o movimento
Das ondas num fluxo flutuante
Logo adiante
Outro navio marcante
Uma ilha desconhecida
De vegetação nativa
O capitão gira o leme
E segue a viagem
O céu abriu
O sol surgiu
O navio partiu
E um arco-íris
Coloriu a paisagem!



1 comentários:

  1. Amei o poema *-* ; É difícil achar blogs de poesia <3

    http://obaucultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir