> Elisa entre gotas de poesia: O rap do milionário

O rap do milionário






Assim a gente sai,
Assim a gente passa
E o milionário?
O milionário perde a graça!

E esse povo?
Esse povo brasileiro?
Um povo com raça,
Um povo guerreiro
Que luta e labuta
E não perde sua canção
Um povo trabalhador
Contra corrupção!

O dinheiro pode até
Te ajudar, mas quando é
Demais pode até te
Atrapalhar!
Por aí...
Tem muito pobre feliz
E muito rico deprimido
Anda de iate, desfila de Ray-ban
E dentro de sua bolsa?
Vive de lexotan!

Assim a gente sai,
Assim a gente passa
E o milionário?
O milionário perde a graça!

Esse mundo que
Vivemos, hoje
É um mundo consumista
Até parece que
Ninguém é feliz
E não sabe dançar
Na pista sem um dólar
Na mão!
Enquanto o rico anda
De limousine
O pobre meu,
O pobre bate o pé
No chão!

Assim a gente sai,
Assim a gente passa
E o milionário?
O milionário perde a graça!

O pobre que é
Pobre sempre vai
Batalhar, enquanto
O rico que é rico
Se contenta, comendo caviar!
Para o pobre, não tem
Fiasco,
Ele ama um pagode,
E gosta de comer churrasco!
Enquanto o rico
Só pensa em dinheiro
O pobre é feliz
Cantando no chuveiro!

E assim o povo vai,
E assim o povo passa
E o milionário?
O milionário perde a graça!

Afinal a verdadeira
Felicidade está nos
Nossos sonhos, na
Nossa liberdade!
Na liberdade de um povo
Que sabe o que quer,
Um povo brasileiro,
Guerreiro que tem fé!




0 comentários:

Postar um comentário