> Elisa entre gotas de poesia: É aqui que nos encontramos

É aqui que nos encontramos








Faz mais de cinquenta anos que estamos nos desencontrando, não faz mal 
é assim a vida, e a gente vai levando....
Lembra de tudo que passamos
Pernoitadas longas
Nunca cansamos
Somente os anos foram se passando...

 São tantas facetas
Começo a rir, 
Quando me lembro  de você 
Andando de muletas, caindo pelas beiradas
Naquela festa
No meio da mulherada
Que saudades
Daquelas palhaçadas

Os anos vão passando
Nós se desencontrando
As lembranças vão chegando
As lágrimas vão rolando
Tudo bem
Eu já estou me acostumando...

Foi por acaso, 
Vinha distraída
Atravessando aquela esquina
Sem pressa, à noite
Sonhando com a vida
Que eu avistei de longe
A sua sombra
Jamais esquecida


Foi num instante que eu o perdi
Em um momento você estava ali,
Bem pertinho de mim
O tempo se passou
Mas meu amor por você
Nada mudou
Meu pensamento te encontrou...
  
Aquele dia fiquei aflita
Sem saber onde te encontrar
Fiquei perdida
Comecei a chorar
Meu amor, volte logo
É nos seus braços
Que eu quero estar!

Bela tarde
Sentada no gramado
Eu pensava...
Nossa relação era mais que amizade
Sentimentos de verdade
Bons tempos, quando penso
Fico com saudades...

Foi em uma mesa de bar
Ao som de uma linda música
Eu voltei a te encontrar
Cheguei perto
Fiz um charme
Queria te seduzir com o olhar
Minha presença te provocar...

Delicadamente
Fixei em você meu olhar
Tímida, disse: olá!
Posso aqui me sentar?
Você como sempre educado e cavalheiro
Abriu um sorriso e veio a me abraçar!

Na hora nem parei pra pensar
Um intenso beijo tive que te dar
Era enorme a felicidade
De te reencontrar
Um antigo sonho
Que voltou a se realizar
Era com você que sempre quis estar!



0 comentários:

Postar um comentário