> Elisa entre gotas de poesia: O sucesso da bruxinha Rosnilda

O sucesso da bruxinha Rosnilda




A bruxinha Rosnilda
Não parava de cantar
Ela cantava tão alto
Que fez o gato assoviar
E o rato tão perdido
Ficava enlouquecido
Com o sucesso da bruxinha Rosnilda
Até o coala dorminhoco
Ficou com dor de ouvido!
A vassoura maluca
Era o seu microfone
E o sapo batera
Apenas repetia o seu nome
Alguém por favor
Atende o telefone?
São tantas entrevistas
Fotos e capas de revistas
E lá na floresta
Quando a bruxinha Rosnilda
Tira um selfie
Todas as bruxas
Entram em festa!
Elas dançam na pista de dança
Quando Rosni canta
Ela parece uma criança
É tão divertido
Que até o príncipe encantado
Virou o seu melhor amigo!                             



Era tão grande o seu encantamento
Que com seu talento
A bruxinha Rosnilda
Até mudava o tempo
No verão chovia neve
E no inverno fazia um colorão
Quando a bruxinha Rosnilda cantava
Boom!!!
Quase explodia o seu caldeirão
Alguma mágica?
Será que tomou
Alguma poção?
Ela tinha tanta energia
Comia brócolis, peixe frito
E arroz com feijão!
Lá, lá, lá. lá, lá
Ela canta e dança com a vassoura
E não para de rodopiar
Gira, gira,gira
Bruxinha Rosnilda
E não para de dançar
Ela é pop
Ela é rock star
Ela é jazz
Dança tanto
Que fica com calo nos pés!
Que verruga é esta?
Quando a bruxinha Rosnilda canta
Até a pulga entra em festa!
Calma
Cadê o seu sapato?
O gato rodopiou tanto
Que ficou tonto
E amigo do rato
Canta bruxinha Rosnilda
Qual o teu segredo?
Dançar e cantar
Sem vergonha
Sem medo
Boom!!!
E que barulho foi este?
Foi o caldeirão
Que explodiu com a sopa
É sujou todo fogão
Então
Aumenta o som
Essa bruxinha quando
Canta
Faz sucesso com a garganta!
Até morcego e lagartixa
Ela espanta
É
O sucesso da bruxinha Rosnilda




0 comentários:

Postar um comentário