> Elisa entre gotas de poesia: Filmes e Poesias

Filmes e Poesias

Alice Através do Espelho (2016)




Um espelho
Um coelho sempre atrasado
Alice volta ao passado
Para tentar salvar o Chapeleiro Maluco
Que parece estar morrendo
Caduco!
Em sua viagem para China
A menina cresceu e virou
Capitã de um navio mercante
Recusou-se em se casar com Hamish
Seu pretende almofadinha
Que fora escolhido para ser
Seu marido, seu amante!



Desistiu de ser rainha
De pertencer à sociedade vitoriana
Na trama
Com a morte de seu pai
Ela herdou o Maravilha
Viajou por muitos mares
Conheceu muitos países e ilhas
Depois de anos cruzando o mundo
Tinha pouco tempo
Minutos e segundos
Para evitar uma injustiça
Um grande absurdo
Perder o navio que herdara de seu pai
E ter sua casa hipotecada
Brigou com sua mãe
Que estava aflita e desesperada
Com uma crise financeira
E vendeu suas ações da empresa
Para o pretendente rejeitado
Que exigiu que como uma mera mulher
Alice
Deveria aceitar o acordo
E trabalhar no almoxarifado!
Ela saiu correndo e permaneceu
Num quarto trancada
Ao ouvir a voz de Absolen
Uma borboleta monarca azulada
Ficou surpresa, feliz e animada
E esqueceu por um momento
Seu episódio tão trágico
E atravessa o espelho mágico!
Volta ao país das Maravilhas
E ao cair do céu
Reencontra novamente os seus amigos
Que revelam que o Chapeleiro Maluco
Está muito doente
Correndo perigo!
Ele estava à beira de uma crise de nervos
Acreditava no impossível
E guardava um grande segredo
Desejava reencontrar a sua família
O clã dos chapéus
Que havia sido dizimada...
Mas Alice lamenta
E não acredita em nada
Ele se irrita e a expulsa de sua casa
Ela fica triste e desesperada!
Mirana, a rainha Branca
Pensa em uma possível alternativa
Para tentar salvar a vida do Chapeleiro
Que parecia tão sombrio e irritado
Alice deveria voltar ao seu passado
Usando a cronosfera
Um globo metálico
Que mantinha o funcionamento
Do grande relógio
Que controlava o tempo
Assim ela estaria com as régias do destino
Para salvar a família do Chapeleiro
Que quando ainda menino
Sonhava em ser como seu pai!
Alice entra no grande relógio
E precisa convencer o tempo
Que parece ser um grande vilão
De sua importante missão!
Ele demonstra-se enfurecido
E ordena que a ponham para fora...
Mas Alice
Teimosa e corajosa
Não vai embora
Roubando a cronosfera
Que parece navegar no tempo
Como um navio
Em segundos
Alice navegou e sumiu!


Quer saber mais?
Assista ao filme Alice Através do Espelho!
Vamos siga o coelho de fatiota de olhos vermelhos
Que está sempre atrasado para a hora do chá!
Corra rápido, senão você vai se atrasar!










0 comentários:

Postar um comentário