> Elisa entre gotas de poesia: A nova Dona Aranha

A nova Dona Aranha





A Dona Aranha
Subiu pela parede
Era verão
Ela sentia muita sede
Bebia água de coco
E relaxava seu corpo
Numa rede!
Escorregou pelo seu suor
E caiu feito
Pecinha de dominó!

A Dona Aranha
Escalou uma montanha
De tão cansada
Tropeçou em sua banha
Caiu lá embaixo
Nas águas de um rio
Nadou e subiu
Chorou
Depois sorriu!
A Dona Aranha
Subiu em uma rocha
Da Dona Aranha gorducha
Ninguém ri
Ninguém debocha!



A Dona Aranha
Subiu pela escada
Tombou para trás
Na escada
Toda molhada
Por sua sorte
Caiu em cima
De uma enorme almofada!

A Dona Aranha
Passeava no jardim
Subiu num cogumelo
Com a ajuda de um cupim
A Dona Aranha tinha
8 patas
Corria muito mais
Muito mais que uma barata!

A Dona Aranha
Entrou numa sacola
Queria viajar
Conhecer o mundo
Ir para a escola
A Dona Aranha
Teceu a sua teia
Ficou toda enrolada
Dentro de uma meia!

A Dona Aranha
Subiu pela parede
Entrou num buraco
E fez fofoca com um sapo
O sapo tinha
Uma minhoca de vizinha
A minhoca foi embora
Quando viu uma galinha!


0 comentários:

Postar um comentário