> Elisa entre gotas de poesia: Na cafeteria

Na cafeteria



Na cafeteria
Eu peço uma torta
Enquanto ele me olha
E manda uma bitoca
Mas eu nem vi
Para aonde a bitoca foi
Pois estava ali
De olho na torta
Nega Maluca?
Ou Marta Rocha?
Talvez uma de bombom
Ele me olha novamente
Bebericando um cappuccino
Enquanto eu retoco o rímel e o batom
Eu fico pensando:
Ai que lindo aquele menino
De cabelos escuros, meio marrom
De olhos amendoados
Será que ele é casado?
Está vestindo um casaco vermelho
Eu continuo a me olhar no mini espelho
De coração rosa antigo
Será que ele quer algo comigo?
Deseja mais um pão de queijo?
Outro beijo?
E para aonde foi essa bitoca?
Será que foi pra mim?
Ou para aquela outra menina sentada ao lado
De sotaque carioca?
Ele pede mais um café
Um expresso duplo
E eu peço mais um suco
Será que eu vou até lá
E digo um oi?
Pergunto quem é?
Melhor não...
Jogo um charme
Faço um cafuné nos cabelos
Com perfume de essência de mirra
Oh, ele pediu uma esfirra de tomate seco
Com espinafre e queijo suíço
E eu?



Será que peço mais uma fatia de torta?
Ou será que ele vai achar
Que pareço uma obesa
Uma baleia orca?
De tantas sobremesas que flertam comigo!
Chegou mais um amigo?
E...
Ele piscou
Que querido!
Está vindo aqui falar comigo?
Que felicidade e frio no umbigo!
Hum...
Que torta deliciosa
Sabor tentação
Leite condensado
Com uma lasquinha de chocolate
Tão cremosa
Pego com a mão!
Pirei de gula
Cheguei a fechar os olhos
Fui e voltei da lua em segundos
Abri os olhos e e ele
Estava bem ali
Aceita outro suco de abacaxi?
Sim, é meu preferido!
Vai fazer mais algum pedido?
Sim!
Quer dizer
Não!
Já terminei minha torta
Que vergonha!
Meu coração quase parou
Ele se sentou e ficou olhando para mim
Perguntou:
Gosta de quindim?
Não!
Quer dizer
Sim!
Mais um café por favor!
E a garçonete..., ela falou:
Outro expresso duplo senhor?
Não, pode ser um mocha
Ele bebeu o café
Pagou o quindim
E me mandou outra bitoca
No rosto!
Muito gentil e cavalheiro
Convidou-me para um almoço
Num dia qualquer
Anotei seu telefone
E saí comendo um docinho de colher
Outra bitoca?







0 comentários:

Postar um comentário