> Elisa entre gotas de poesia: Setembro 2016

Casar e ser feliz para sempre


Casar...
Amar
Brigar
Amar e brigar de novo
Roncar
Beijar e ir ao cinema
Discutir a vida
Os problemas
Pagar as contas
Viajar
Banho de mar
Jantar fora
Brigar
Bater a porta
Separar
Ir embora
Voltar
Sem demora
Família reunida
Sogro, sogra
Genro e nora
Fazer as pazes
Sem brigas!
Romance
Será que rola?

Embarcação



Nessa pequena e singela embarcação
O mar faz flutuar a aquarela do meu coração
Que faz lembrar teus olhos verdes
Águas cheias de poesia
Gaivotas sobrevoam
Na aurora do dia
E a suavidade do vento
Levam meus pensamentos
A sua companhia
Uma sensação de paz e harmonia
Invade a minha alma
Que acompanha as ondas do mar
Tão profundas e calmas
Essa profundidade traz à superfície
A infinitude do nosso amor

O encanto da mulata


Quem é essa mulata que me faz dançar?
Com o seu requebrado
Gingado do mar
E por onde ela passa
Ela faz cantar
Assovio do vento
Brisa do luar
Uma morena bonita
Sereia da praia
Que desfila na areia
De top jeans
E minissaia

Eu sou do Rio de Janeiro


Eu sou do Rio de Janeiro
Eu faço festa o ano inteiro
E não paro de trabalhar
Eu vou sambar na avenida
Comemorar a minha vida
Vou preparar a minha comida
Beber um drinque
Uma bebida