> Elisa entre gotas de poesia: A vaca

A vaca








A vaca amarela
Tropeçou na
Panela,
Sem querer
Beijou um sapo
E...
Virou Cinderela!



A vaca azul
Ama dançar
Jazz & Blues
Gosta de pastar
E comer churros
E um belo dia...
Ela se apaixonou
Por um burrico
De codinome
Chico que estava
De passagem pela
Fazenda...

A vaca rosa
É uma prenda!
Ama sair de vestido
De renda, toda
Chique, elegante e
Charmosa,
Cheia de dengues,
Fricotes e tricotes!

A vaca branca
Está de dieta
Para perder
Uns quilinhos,
Umas pelancas!
Ela só come
Plantas e sementes
De girassol!

A vaca preta
Além de tocar
Viola, guitarra e
Corneta
Usa uma
Camiseta
Pop star!
Ela quer brilhar
E ser famosa
Mais que a vaca
Rosa!

A vaca verde
Adora uma corrida
Ela nunca perde!
É atleta e divertida!
Se alimenta de
Capim doce e
Margaridas!

A vaca vermelha
Tem medo de
Escorpião e de
Abelhas
Vive mais
Em sua casa
Olhando as estrelas
Em cima das telhas!
De vez em quando
Ela cai e leva
Um puxão de orelhas!
Suas melhores amigas
São as ovelhas
Da vizinha ao lado!

A vaca laranja
É apaixonada por
Uma canja de galinha!
Ela vive na granja
Mugindo pra dar
Uma espiadinha!

A vaca lilás sonha
Em ter um pouco mais
De paz!
A vaca violeta
De nome
Julieta
Queria andar
De Carroça
Mas ganhou
Uma lambreta!

A vaca marrom
Ama um som
E aprecia um tom
Musical!
Ela gosta de dormir
De madrugada,
Principalmente
No Verão e durante
O Carnaval!

A vaca cinza
É meio braba!
É na calada
Da noite que
Ela escreve e
Fica inspirada!
E ainda tem
A vaca transparente
Com dentes
Sem cor!
E a vaca bege
Já chegou?
Não, ainda não
Meu amor!
E a vaca alada?
Meu bem, essa
Só existe em contos
De fadas!







0 comentários:

Postar um comentário