> Elisa entre gotas de poesia: As férias acabaram

As férias acabaram






Nossa!
Não é que
As férias acabaram!
Como passou ligeiro
Esse Janeiro e Fevereiro!
Mas deu tempo
Para tomar banho
De mar, passear
E até
Acampar sob
À luz da lua
Ou da lanterna
Que ficava piscando
Feito uma estrela
Cadente que
Não para de cair e brilhar
Entre céu e na terra!
Ou tipo mil vagalumes
Cujas as "bundinhas"
De costume
Piscam no meio das
Árvores e do matagal!



Passou o Natal, as
Férias começaram,
Acabou o Carnaval
E lá se foram as
Nossas férias...
Você viajou?
Se divertiu?
Dormiu?
Ouviu o barulho dos
Pássaros?
Dos grilos?
Prestou atenção
Nas borboletas
E nos beija-flores
Que namoram as
Árvores floridas no verão?
Como é agradável essa
Estação de sol...
No meio de tantas
Ondas, até dá
Para suportar as
Altas temperaturas
Não é?
O que você fez de bom?
Comeu sorvete, picolé?
Ou ficou atirado na areia
Esperando uma linda sereia
Passar?
Como é bom um belo
E refrescante banho de mar!
Lava e refresca a alma
Diria a minha avó!
Como é bom ficar
Acordado até tarde
Ouvindo uma
Musiquinha na rede...
Dó, ré, mi, ré, dó...
E olhando pra rua,
Vendo as pessoas
Indo para o centrinho de
Algum lugar...
Namorar, curtir a noite,
Curtir a vida!
Ah, férias é pra relaxar
Esquecer um pouco
Aquele ano que passou
E recomeçar com uma
Vida nova!
As férias acabaram, as
Aulas começaram, a correria,
O trânsito, tudo voltou
Ao seu curso natural!
Peraí, não é que tem
Gente que tira férias
Em Março?
Como é bom comer um
Abacaxi e uma melancia
Geladinha sob
O guarda-sol!
No meu tempo
De criança, férias
Eram um descanso
Merecido com tatuíras
Correndo em volta do
Meu pé!
Agora que as férias
Acabaram e o mês
De Março continua
O mais quente do ano,
Logo, logo em Abril
Vem a Páscoa que
Traz uma estação
Diferente e autêntica
O Outono!
Eu me despeço
Das minhas, das
Nossas férias
Com a lembrança
Do meu nono
Caminhando na areia...
Saudades já
De você Verão!
Até o ano que vem!







0 comentários:

Postar um comentário