> Elisa entre gotas de poesia: O amor mora comigo

O amor mora comigo





Ai,o amor...
Suspiros, acho que estou
Apaixonada,
Vivendo um quase
Lindo e romântico
Contos de fadas!
Quase, por quê?
Bom, eu posso
Dizer!
Casar não é tão
Simples e fácil
Assim!
Ah não?
Por quê?
Tem os afazeres do lar
As contas a pagar,
Correria pra cá e
Pra lá, mas com o
Amor, tudo pode
Melhorar!



A vida nem sempre
É aquele sonho, um
Mar de rosas,
Mas o amor, torna
Cada dia em uma poesia,
Uma prosa de doces,
Melodias que não param
De tocar no coração!
Tem razão, e o tempo
Nem parece
Passar!
Com amor, tudo fica
Diferente, apaixonante,
Quente, ardente, a vida
Fica mais alegre, inteligente!
Devagar...
Quando o amor invade a casa
Da gente, não tem
DR o suficiente para
Sufocar a relação!
O amor mostra os caminhos
A direção, mesmo
Quando tudo parece
Perdido, o amor
Chega e te sussurra
Ao pé do ouvido e diz:
Eu te amo!
Aí..., tudo fica bem
O sorriso vem
E tu ficas zen
Pleno de felicidade,
E esse amor deixa
Tanta saudades...
Até quando vai trabalhar?
Mas ao final do dia,
Quando ele chega
Devagarinho em casa
Em silêncio
Para não te acordar,
Ele, o amor, carinhosamente
Vem com um doce beijo
E flores perfumadas
Da brisa do inverno
Afirmando que para
Sempre irá te amar!
Ai, esse amor...
Que provoca suspiros
E emoções em mim!
Dorme todos os dias
Em meu jardim
Ensolarado,
Sou um romântico sim,
Um eterno apaixonado
Pelo amor!
Gotas de paixão
Caem sobre mim!



0 comentários:

Postar um comentário